Última hora

Última hora

Líderes europeus tentam acalmar os mercados

Em leitura:

Líderes europeus tentam acalmar os mercados

Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas tenta acalmar os mercados financeiros, que têm agora na mira Espanha e Itália.

O presidente da Comissão Europeia mostrou grande preocupação com os desenvolvimentos no mercado da dívida dos dois países. Durão Barroso admitiu “uma crescente preocupação entre os investidores sobre a capacidade da zona euro em responder a esta crise”.

Os juros exigidos pelos investidores para comprar dívida soberana espanhola e italiana renovaram máximos desde a entrada na zona euro. Ultrapassaram os 6%, um valor bem acima do da Alemanha.

O primeiro-ministro espanhol parece condenado a não ter férias. Primeiro, Zapatero adiou a partida… E quando partiu, foi por poucas horas. Regressou esta quarta-feira de manhã a Madrid, para acompanhar, com a ministra das Finanças, Elena Salgado, as vicissitudes da crise da dívida soberana.

Já o ministro italiano das Finanças reuniu-se com o líder do Eurogrupo. Giulio Tremonti e Jean-Claude Juncker revelaram apenas que tiveram uma discussão “produtiva” sobre todas as questões que envolvem o euro e que vão continuar a refletir em conjunto.