Última hora

Última hora

Mercados europeus encerram no vermelho

Em leitura:

Mercados europeus encerram no vermelho

Tamanho do texto Aa Aa

As bolsas europeias fecharam no vermelho, depois de divulgados mais indicadores económicos que apontam para uma desaceleração da economia norte-americana. O índice ISM de serviços caiu para 52,7 pontos em julho.

Os líderes europeus garantiram, esta quarta-feira, que não há qualquer razão que justifique o agravamento dos juros de Itália e de Espanha, mas os mercados não parecem convencidos.

“Os receios em relação à crise da dívida tomaram conta dos mercados. Os Estados Unidos podem ter sido postos no arquivo, mas agora vemos, outra vez, os problemas na Europa, na Itália e na Espanha, onde os juros implícitos dos títulos subiram. E isso causa novamente preocupações”, explica Stefan Scharffetter do Baader Bank.

A moeda única tem estado a valorizar face à divisa norte-americana, depois de a agência Moody’s ter baixado o “outlook” sobre a dívida dos Estados Unidos.

O ouro continua a bater recordes. A onça ultrapassou a barreira dos 1670 dólares.