Última hora

Última hora

Erdogan renova chefias militares da Turquia

Em leitura:

Erdogan renova chefias militares da Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro turco evitou o colapso da hierarquia militar do país. O segundo maior exército da NATO tem, agora, novos responsáveis, depois da demissão em bloco, na semana passada, da cúpula das Forças Armadas.

O general Necdet Ozel fica à frente do Estado Maior, acompanhado pelos três recém-nomeados chefes da Marinha, Força Aérea e Exército. Ozel foi dos poucos graduados a não embarcar no braço de ferro com Recep Tayyip Erdogan que, aliás, se conseguiu sobrepôr às forças militares, num combate que dura desde o seu primeiro mandato.

Mais de 250 oficiais foram detidos, entre os quais 42 generais, suspeitos de conspiração contra o governo. Os militares são acusados de pretender derrubar Erdogan e a sua corrente de orientação islâmica, para voltar a impôr o secularismo numa Turquia mobilizada em torno das reformas democráticas.