Última hora

Última hora

Itália quer Nato a proteger imigrantes

Em leitura:

Itália quer Nato a proteger imigrantes

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro dos Negócios Estrangeiros italiano pediu à Nato a abertura de um inquérito, para se conhecer, com rigor, o comportamento da tripulação de um barco da aliança.

Franco Frattini quer saber se, de facto, a tripulação recusou socorro a uma embarcação com emigrantes líbios que tentavam atingir a costa italiana.

O incidente terá ocorrido ontem, de acordo com um relatória da guarda costeira italiana.

Mas a Itália quer mais – quer que a missão da Nato na Líbia se alargue e que tenha intervenção na questão dos emigrantes.

Franco Frattini diz que a missão de protecção das populações civis pode também ocupar-se deste problema.

Esta quinta-feira, chegou à ilha de Lampeduza mais um barco com emigrantes que fugiram à guerra.

Viajaram num barco sem condições e pediram socorro a uma unidade da Nato, pedido que não terá sido correspondido.