Última hora

Última hora

Standard and Poor's retira nota máxima aos EUA

Em leitura:

Standard and Poor's retira nota máxima aos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

A agência de notação financeira Standard and Poor’s baixou, pela primeira vez, o “rating” da dívida pública dos Estados Unidos.

Da nota máxima “AAA” de que sempre beneficiou, a primeira potência mundial desceu para a nota “AA+”.

A decisão é justificada pela confusão vivida recentemente entre democratas e republicanos para obter um acordo sobre o aumento do limite máximo da dívida norte-americana e os riscos do país tomar medidas insuficientes contra o défice orçamental.

A congressista republicana Michele Bachmann, vista como candidata às presidenciais de 2012, pediu ao presidente “a demissão imediata do secretário do Tesouro, Timothy Geithner, e um plano que inclua uma lista de cortes que equilibrem o orçamento deste ano, deem a volta à economia e devolvam o emprego ao povo norte-americano”.

Um responsável da administração norte-americana disse que Barack Obama foi informado previamente da decisão da Standard and Poor’s, antes de deixar a Casa Branca em direção a Camp David, e está a seguir de perto a evolução e efeitos da notícia.