Última hora

Última hora

Bolsas caem apesar da intervenção do BCE

Em leitura:

Bolsas caem apesar da intervenção do BCE

Tamanho do texto Aa Aa

É mais um dia de quedas nas bolsas europeias. Os investidores temem uma nova recessão nos Estados Unidos, depois de a Standard & Poor’s ter cortado o ‘rating’ triplo A do país.

Madrid e Milão eram as únicas praças europeias que negociavam no verde, impulsionadas pela compra de obrigações espanholas e italianas por parte do Banco Central Europeu (BCE).

As medidas anticrise anunciadas pelo Banco Central Europeu e pelo G7, não chegaram para acalmar os mercados. “Ainda temos um grande caminho a percorrer. Ainda temos problemas na zona euro. Os problemas dos Estados Unidos ainda não estão resolvidos e eles estão a caminho das eleições. Portanto, não me parece que seja a altura ideal para irmos de férias”, explica Will Hedden da IG Index.

As principais bolsas asiáticas fecharam em forte queda na primeira sessão depois da desclassificação da dívida dos Estados Unidos.

O euro estava em queda face ao dólar. O petróleo também caía mais de 3 por cento.

A onça de ouro valia mais de 1705 dólares.