Última hora

Última hora

Bolsas europeias afundam-se

Em leitura:

Bolsas europeias afundam-se

Tamanho do texto Aa Aa

As bolsas europeias fecharam com fortes quedas, depois de terem passado parte da sessão em terreno positivo.

Milão foi a praça mais penalizada, ao recuar 6,6%. Frankfurt perdeu mais de 5%. Lisboa também fechou no vermelho, mas longe das quedas das outras praças. O Psi 20 caiu 1,25%.

As bolsas tinham reagido em alta às decisões da Reserva Federal, mas foi sol de pouca dura. “Apesar desta subida salutar de ontem, o mercado deve continuar muito volátil, porque o crescimento vai continuar a ser tímido. A Reserva Federal admitiu-o ontem à noite. Portanto, num ambiente tão incerto podemos pensar que os investidores vão continuar extremamente nervosos, apesar destas declarações que foram antecipadas pelo mercado”, afirmou Olivier de La Ferriere da KBL Richelieu.

A moeda única acentuava as perdas face à divisa norte-americana. Um euro valia quase 1,42 dólares.

O barril de petróleo negociava nos 104 dólares em Londres e nos 80 em Nova Iorque.

O ouro continuava a bater recordes. Os investidores refugiam-se no metal precioso perante a intensificação dos receios de uma recessão económica nos Estados Unidos.