Última hora

Última hora

E.ON corta até 11 mil postos de trabalho

Em leitura:

E.ON corta até 11 mil postos de trabalho

Tamanho do texto Aa Aa

A E.ON vai eliminar até 11 mil postos de trabalho e cortar os pagamentos de dividendos. Os resultados líquidos ajustados do primeiro semestre desceram para 933 milhões de euros, contra mais de 3 mil milhões um ano antes. A maior empresa energética alemã sofreu o primeiro prejuízo trimestral em 10 anos.