Última hora

Última hora

Trípoli acusa a NATO da morte de 85 pessoas

Em leitura:

Trípoli acusa a NATO da morte de 85 pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

O regime de Muammar Kadhafi acusa a NATO da morte de 85 pessoas num ataque aéreo. A Aliança Atlântica responde que atingiu um alvo militar e que não há provas da morte de civis. Já foi aberta uma investigação.

O raide aconteceu na noite de segunda para terça-feira na aldeia de Majer, perto da disputada cidade de Zliten, a leste de Trípoli.

Esta terça-feira à tarde, centenas de pessoas assistiram aos funerais de 28 alegadas vítimas do ataque.

Entretanto, o regime de Muammar Kadhafi continua a resistir. Já a oposição parece cada vez mais dividida. O presidente do Conselho Nacional de Transição demitiu em bloco o gabinete executivo, duas semanas depois do assassinato do chefe militar dos rebeldes.

Esta terça-feira, a televisão estatal líbia divulgou imagens de um dos filhos de Kadhafi dado como morto, na semana passada, num ataque aéreo da NATO. A informação tinha sido avançada pelos rebeldes, mas negada por Trípoli. No entanto, não é possível confirmar quando foram filmadas as imagens.