Última hora

Última hora

Violência atinge turismo no Reino Unido

Em leitura:

Violência atinge turismo no Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

A violência em Inglaterra começa a ter um impacto negativo no turismo.

O setor emprega três milhões de pessoas direta e indiretamente e gera milhões de euros. Mas os tumultos dos últimos dias obrigaram muitos turistas a reprogramarem as férias. As agências de viagens dizem que a quebra é significativa.

“A atmosfera em Londres não é boa e devido à atual situação e cerca de 20 a 30% das pessoas cancelaram a viagem” afirma um responsável de uma agência de viagens.

Vários países alertaram para os riscos de visitar o Reino Unido. Portugal recomendou os cidadãos que evitassem as multidões e agissem com cautela durante a noite.

“Muitas pessoas disseram-nos para não vir, mas decidimos arriscar porque só vamos ficar um dia.

Amanhã voltamos para os Estados Unidos” diz uma turista norte-americana.

“Vimos imagens em todo o mundo que não dignificam a Grã-Bretanha e alguns governos vieram a público recomendar aos cidadãos que se afastassem das áreas palco dos tumultos. Mas muitos dos turistas que aqui chegam estão longe dessas áreas. Nem sequer veem os motins” refere Patricia Yales responsável pela estratégia de comunicação da Visit Britan.

Quem chega de terras de sua Majestade garante que o centro de Londres se mantém intacto.

Certo é que, por estes dias, há menos filas para visitar algumas das principais atrações turísticas da cidade.