Última hora

Última hora

Itália: É preciso criar os Eurobonds, diz ministro

Em leitura:

Itália: É preciso criar os Eurobonds, diz ministro

Tamanho do texto Aa Aa

O novo pacote de austeridade anunciado na sexta-feira pelo primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, pretende poupar 45 mil milhões de euros até 2013.

O pacote responde às exigências do Banco Central Europeu que exigiu cortes acelerados no défice em troca da aquisição de obrigações italianas nos mercados financeiros.

“Não teríamos chegado a este ponto se tivéssemos os Eurobonds. Confirmo a ideia que é necessário um maior grau de integração e consolidação das finanças públicas na Europa”, disse Giulio Tremonti, ministro italiano das Finanças.

As novas medidas de austeridade foram recebidas com ceticismo nas ruas.

Aumento nos impostos e contribuições poderão afetar uma economia frágil que ainda se confronta com os efeitos da recessão, segundo alguns peritos.

Entre as medidas anunciadas conta-se a redução de postos de trabalho nas autarquias, a transferência de alguns feriados para os domingos a fim de aumentar o número de dias úteis no ano e a criação de uma taxa de solidariedade para todos aqueles cujos salários ultrapassem mais de 150 mil euros.