Última hora

Última hora

Deputados israelitas interrompem férias para debater movimento de contestação

Em leitura:

Deputados israelitas interrompem férias para debater movimento de contestação

Tamanho do texto Aa Aa

Em Israel, centenas de pessoas concentraram-se em frente ao Parlamento para protestar contra o aumento do custo de vida e aquilo a que chamam de injustiça social.

Esta terça-feira, cerca de três dezenas de deputados interromperam as férias para participar num debate extraordinário sobre o movimento de contestação que se arrasta desde meados de julho.

O chefe do governo e o ministro das Finanças falharam a sessão plenária.

A líder do partido centrista Kadima, da oposição diz que as pessoas não têm culpa de o dinheiro não esticar e acrescenta que o problema está no país.

De acordo com as sondagens, os protestos contam com o apoio de 80 por cento da população.

A contestação começou em Telavive e a julgar pelas imagens está mais viva que nunca. A principal avenida da cidade continua repleta de tendas. E é aqui que os manifestantes se pretendem manter.