Última hora

Última hora

França e Alemanha unidas para defender o Euro

Em leitura:

França e Alemanha unidas para defender o Euro

Tamanho do texto Aa Aa

Em conferência de imprensa, à saída de uma reunião, no Palácio do Eliseu, em Paris, o presidente francês e a chanceler alemã reiteraram o empenho dos dois países em seguir um caminho comum para aumentar a confiança dos investidores na zona euro.

Sarkozy frisou a importância das instituições europeias neste processo. E falou na criação de uma estrutura, composta pelo conselho de chefes de estado e de governo, que se reunirá duas vezes por ano, mais se necessário, e que terá um presidente para dois anos e meio. Sarkozy e Merkel estão de acordo em Herman van Rompuy.

Angela Merkel tentou fugir à questão dos Eurobonds mas não conseguiu, acabou por dizer que as pessoas tentam agarrar-se a uma solução, o único método que pode tirar a zona euro da crise. E, para a maioria o último recurso são os Eurobonds. Merkel não acredita que a Europa precise de um último recurso nem que seja esta a forma de resolver a situação.

Merkel e Sarkozy apresentaram um conjunto de propostas que visam a coordenação económica. Propostas que passam pela criação de um imposto sobre transações financeiras.