Última hora

Última hora

Palestinianos condenam ataque sírio a refugiados

Em leitura:

Palestinianos condenam ataque sírio a refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

Há quatro dias que Latakia é atacada pelas forças sírias. Nem um campo de refugiados palestinianos foi poupado aos ataques dos últimos dias. Quatro pessoas foram mortas, de acordo com a Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinianos.

As forças da Síria têm expandido a ofensiva contra as cidades e vilas, onde os manifestantes pedem, há vários meses, a demissão do presidente do país.

A União Coordenada da Revolução Síria diz que, na segunda-feira, também foi atacada Homs e locais a norte da cidade. Segundo a organização, doze pessoas morreram.

Na Cisjordânia, houve uma vigília de protesto contra as ações do regime sírio.

“Os palestinianos devem ser poupados aos problemas internos da Síria. Os refugiados palestinianos e os palestinianos residentes na Síria estão fora deste conflito que está a ter lugar na Síria”, disse o responsável pelos assuntos dos refugiados da Organização de Libertação da Palestina, Ahmad Hanoon.

A Amnistia Internacional diz que pelo menos 1700 civis foram mortos na Síria desde março, quando começou a contestação.