Última hora

Última hora

Cólera ameaça populações na Somália

Em leitura:

Cólera ameaça populações na Somália

Tamanho do texto Aa Aa

Epidemia de cólera está a minar a Somália. O número de pessoas infetadas, entre os milhares que se deslocam para a capital, Mogadíscio, é alarmante. As populações procuram água e comida.

A situação é catastrófica. Teme-se que o surto possa alastrar rapidamente devido às condições miseráveis em que aqui se vive.

Um médico explica que todos os dias recebem mais 50 a 80 doentes.

Segundo a agência da ONU para os refugiados esta infeção intestinal, normalmente relacionada com a contaminação da água usada para beber, deixa as crianças especialmente vulneráveis à morte por desidratação.

Estima-se que 100 mil somalis tenham procurado refúgio em Mogadíscio nos últimos dois meses. Mais 1500 chegam, diariamente, ao Quénia, que abriga cerca de 440 mil refugiados dos países do Corno de África em Dadaab.