Última hora

Última hora

Repressão militar continua na Síria apesar das promessas de al-Assad

Em leitura:

Repressão militar continua na Síria apesar das promessas de al-Assad

Tamanho do texto Aa Aa

Bashar al-Assad prometeu mas não cumpriu. Um vídeo amador publicado este sábado na Internet mostra atiradores furtivos do exército sírio a disparar contra manifestantes na cidade de Homs, no centro do país.

As imagens são divulgadas dois dias depois de o presidente sírio ter prometido ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, que ia acabar com as operações militares contra os manifestantes.

Na sexta-feira, 34 civis, entre os quais quatro crianças, morreram no seguimento de ataques levados a cabo pelo exército sírio, um pouco por todo o país.

Nos últimos dias, a pressão internacional para que o presidente abandone o poder tem-se acentuado. Os Estados Unidos proibiram mesmo a importação de petróleo sírio e a União Europeia está a preparar novas sanções contra o regime de al-Assad.

Uma delegação das Nações Unidas deverá chegar à Síria nos próximos dias para investigar os contornos da repressão que já fez mais de 2000 mortos desde o dia 15 de março.