Última hora

Última hora

Khadafi apela ao povo líbio para evitar queda de Tripoli

Em leitura:

Khadafi apela ao povo líbio para evitar queda de Tripoli

Tamanho do texto Aa Aa

O caminho é para Tripoli, onde os rebeldes líbios se estão a concentrar para tomar de assalto o último bastião de Muamar Khadafi.

Os insurgentes reforçam, assim, a investida que consideram a batalha final pelo poder. O Conselho Nacional de Transição, a expressão política dos combatentes, declara ser uma questão de horas até amordaçar o regime de Khadafi.

No entanto, este veio negar os rumores sobre a sua fuga para o estrangeiro, recusa falar em rendição e apela ao povo líbio para o ajudar a defender Tripoli. O porta-voz do seu governo exortou a comunidade internacional a intervir. Caso contrário, salientou, “muitas pessoas serão mortas e crimes terríveis serão cometidos nas cidades líbias”.

Mas o isolamento de Khadafi parece cada vez mais evidente. A vizinha Tunísia, até agora neutra, veio reconhecer a legitimidade do Conselho Nacional de Transição.

De todas as formas, os cidadãos estrangeiros estão a ser retirados de Tripoli, à medida que os confrontos tomam conta da capital.