Última hora

Última hora

Líbia vive últimas horas da guerra civil

Em leitura:

Líbia vive últimas horas da guerra civil

Tamanho do texto Aa Aa

A Líbia vive as últimas horas da guerra civil.

Segundo um porta-voz dos rebeldes, as forças fiéis ao regime de Khadafi controlam apenas vinte por cento da capital.

As ruas de Tripoli encheram-se de gente. Milhares de homens festejam a queda iminente do regime.

Apesar do ambiente de euforia, a capital é palco de violentos combates. Um dos alvos dos rebeldes é o complexo de Bab al-Azizziya, a principal base do presidente líbio.

Desconhece-se o paradeiro de Khadafi. Mas o tribunal penal internacional confirmou a detenção do filho do ditador, Saif al Islam e o Conselho Nacional de Transição anunciou a rendição do filho mais velho, Mohamed.

Ninguém sabe ao certo quantas pessoas morreram nas últimas 24 horas. Ontem à noite, um porta-voz do regime de Khadafi, afirmou que os combates em Trípoli provocaram 1300 mortos e sublinhou que os hospitais tinham dificuldade em tratar o elevado número de feridos.