Última hora

Última hora

Procuradores deixam cair acusações a Strauss-Kahn

Em leitura:

Procuradores deixam cair acusações a Strauss-Kahn

Tamanho do texto Aa Aa

É uma reviravolta esperada, mas não deixa de ser uma reviravolta. Depois de chamarem Nafissatou Diallo para uma reunião, um dia antes de uma audiência judicial, os procuradores americanos solicitaram o encerramento das acusações que pendem sobre Dominique Strauss-Kahn.

Os advogados da imigrante da Guiné-Conacri denunciaram a parcialidade do procurador Cyrus Vance e pediram a intervenção de outro responsável para, dizem, “restaurar a confiança” no caso.

O que resta agora à mulher que ajudou a cair um dos homens mais poderosos do mundo? Afinal, as falhas na sua credibilidade, e as incongruências evidenciadas pela defesa, afundaram o processo criminal.

No entanto, está em curso um processo civil que pode obrigar Strauss-Kahn a pagar uma indemnização a Diallo, que vai igualmente apresentar uma queixa em França por suposta tentativa de suborno para calar uma testemunha que lhe era favorável.

Se regressa ou não a França, é a pergunta que se coloca agora a Strauss-Kahn. Se regressar, tem à sua espera uma outra queixa por parte da jornalista Tristane Banon.