Última hora

Última hora

Tomada de Trípoli festejada em todo o mundo

Em leitura:

Tomada de Trípoli festejada em todo o mundo

Tamanho do texto Aa Aa

A vitória da rebelião está a ser festejada um pouco por todo o mundo.

Empunhando bandeiras e entoando cânticos, foram muitos os que se concentraram durante a noite junto à Casa Branca, em Washington.

Cenário idêntico em Londres. Seis meses depois do início da revolta contra Muammar Kadhafi, muitos ainda não acreditam:

“É uma conquista inacreditável. A oposição líbia não tinha treino militar ou qualquer vantagem tática. Não tinha nada em relação a Kadhafi. Nem dinheiro, nem armas. Estou sem palavras” afirma um jovem.

No Egito, voltou-se a festejar a queda de um regime. Desta vez, líbio. Para aqui chegar foi preciso esperar mais de quatro décadas.

“Durante 42 anos fomos obrigados a permanecer em silêncio, sem nos podermos expressar. 42 anos governados por Kadhafi e pelos filhos. Mas hoje a Líbia é um país livre. Deus é grande” afirma uma mulher.

Uma festa que promete continuar