Última hora

Última hora

CIR conhece mentor do assassinato de Politkovskaia

Em leitura:

CIR conhece mentor do assassinato de Politkovskaia

Tamanho do texto Aa Aa

O assassinato da jornalista Anna Politkovskaia foi encomendado e Comité de Investigação russo, garante já saber quem é o mentor. Mas recusa revelar a sua identidade.

O anúncio ocorre um dia depois do antigo chefe da Direção de Investigação da Polícia Moscovo, Dmitri Pavliutchenkov, ter sido acusado de orquestrar o crime.

“Ele (Pavliutchenkov) recrutou o grupo de criminosos composto pelos três irmãos Makhmudov. Ordenou aos subordinados que seguissem a jornalista para se inteirarem da sua rotina diária. Depois recebeu as informações e a arma do crime que passou ao assassino” afirma Vladimir Markin, porta-voz do Comité de Investigação.

O redator-chefe do jornal onde trabalhava Politkovskaia mostrou-se surpreendido com as declarações prestadas pelo Comité de Investigação. Desde logo, porque a pessoa que, supostamente, deu a ordem continua a ser uma incógnita. Mas, também, pela informação ter vindo a público poucas horas depois de um tenente-coronel russo ter sido detido.

Dmitri Muatov vai mais longe e fala em “ações politicamente motivadas.”