Última hora

Última hora

Líbia: Quatro jornalistas italianos sequestrados

Em leitura:

Líbia: Quatro jornalistas italianos sequestrados

Tamanho do texto Aa Aa

Na Líbia, quatro jornalistas italianos foram sequestrados em Tripoli.

Segundo meios de comunicação italianos, que citam fontes diplomáticas, são dois jornalistas do jornal “Corriere della Sera”, um do “La Stampa” e outro do jornal católico “Avvenire”.

Os jornalistas dirigiam-se para a capital líbia quando o carro em que seguiam foi obrigado a parar por membros das forças leais a Khadafi.

O grupo foi transferido para uma casa e o repórter do Avvenire, foi autorizado a telefonar para a redação e contar o que aconteceu.

Fontes do Ministério dos Negócios Estrangeiros italiano asseguraram que foram ativados todos os meios para lidar com este caso.

Entretanto, os jornalistas estrangeiros que estavam retidos há vários dias num hotel de Tripoli por forças leais a Muammar Kadhafi foram libertados.

Cerca de 30 jornalistas estavam desde domingo impedidos de sair do hotel Rixos, no centro de Tripoli, sob ameaça de homens armados.

Os jornalistas puderam finalmente deixar o local e foram transferidos para um outro hotel