Última hora

Última hora

Opositores sírios formam conselho nacional

Em leitura:

Opositores sírios formam conselho nacional

Tamanho do texto Aa Aa

O anúncio tem lugar enquanto na Síria forças governamentais continuam a reprimir manifestantes anti regime.

Ativistas afirmam que pelo menos mais cinco pessoas morreram em resultado de confrontos com forças sírias na terça-feira próximo à localidade de Hama.

Na segunda-feira, num outro incidente, três pessoas morreram em Homs. As mortes coincidiram com a visita de uma equipa de direitos humanos da ONU.

Em Genebra, o Conselho de Direitos Humanos da ONU anunciou na terça-feira que vai investigar as mortes mesmo apesar das objeções da Rússia, China e Cuba.

Enquanto isso, na Turquia, um grupo de opositores do regime sírio deu os primeiros passos para a formação de um Conselho Nacional.

“Opomo-nos a qualquer tipo de intervenção militar internacional. Gostariamos de trabalhar com a comunidade internacional a fim de satisfazer as nossas exigências de democracia. Por exemplo, através de pressões diplomáticas”, afirmou Louay Safi do Conselho Sírio Norte-Americano.

O correspondente da Euronews em Istambul, Bora Bayraktar, acompanhou os desenvolvimentos.

“A oposição síria deu passos importantes no sentido de apresentar uma frente unida nos seus encontros em Istambul. O objetivo agora é nomear um líder que seja aceite por todos”.