Última hora

Última hora

Protestos contra arquivamento do processo Strauss-Kahn

Em leitura:

Protestos contra arquivamento do processo Strauss-Kahn

Tamanho do texto Aa Aa

Várias organizações feministas e de defesa das minorias manifestaram-se esta terça feira, à porta do Tribunal de Nova Iorque.

Contestam o arquivamento do processo Strauss-Kahn, sem oportunidade de julgamento.

Os manifestantes acusam o tribunal norte-americano de descredibilizar a palavra das mulheres vítimas de crimes sexuais.

Esta mulher afirma que decisão é grosseira e repugnante. E que o ex-director do FMI merecia estar atrás das grades. Diz ainda que Strauss-Kahn não devia ser protegido pelo poder da riqueza que tem.

Outra manifestante defende que “quando um homem rico, branco e poderoso ataca uma imigrante de cor, que trabalha como camareira num hotel, estamos perante uma questão racial e de classes.”

À saída do Tribunal, Strauss-Kahn foi recebido pelos manifestantes que pediam para ter vergonha.

Um ambiente testemunhado pela correspondente da Euronews em Nova Iorque.

“Terminou desta forma, com uma muito breve audiência no Tribunal de Manhattan este caso judiciário que durou 3 meses. E terminou, citando os advogados, com um enorme alívio da parte de Dominique Strauss-Kahn e uma enorme ravia da parte de Nafissatou Diallo”