Última hora

Última hora

Primeiro-ministro japonês anuncia demissão

Em leitura:

Primeiro-ministro japonês anuncia demissão

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro do Japão apresentou, hoje, a demissão. Naoto Kan deixa a chefia do Partido Democrático, que deve eleger um novo líder na segunda-feira, para ser aprovado pelo Parlamento um dia depois.

Kan deixa o poder cinco meses após o sismo e do tsunami que abalaram o país. Como prometido, sai depois de ter conseguido um segundo plano para a reconstrução, a emissão de dívida para financiar o projeto e uma lei para a promoção das energias renováveis.

Em conferência de imprensa, o primeiro-ministro disse que “enquanto político e cidadão” vai continuar a empenhar-se “na criação de uma sociedade que não seja dependente da energia nuclear”.

Naoto Kan não resistiu politicamente ao sismo e ao tsunami de 11 de março. Foi criticado pela oposição e pelo próprio partido pela forma como respondeu ao desastre e pela consequente crise nuclear de Fukushima. O seu sucessor será o sexto primeiro-ministro do Japão em cinco anos.