Última hora

Última hora

Síria: Aumenta o descrédito de al-Assad

Em leitura:

Síria: Aumenta o descrédito de al-Assad

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente sírio, Bashar al-Assad, reuniu-se quinta-feira em Damasco com líderes islâmicos para uma refeição Iftar.

Durante o encontro al-Assad falou da importância de levar a cabo boas ações durante o mês sagrado do Ramadão.

Contudo, para as Nações Unidas, al-Assad não cumpre a promessa de terminar com o uso da violência contra os manifestantes e opositores do regime.

“O presidente Assad continuou sem nada dizer sobre o uso da violência contra civis, continuando a justificá-la com ataques de grupos armados contra, o exército, a polícia e forças de segurança.

A incapacidade de controlar as forças de segurança, mina a credibilidade dessas declarações e a comunidade internacional continua bastante cética”, sublinhou Lynn Pascoe da ONU.

Também na quinta-feira o cartoonista Ali Ferzat foi brutalmente agredido por homens mascarados armados, que lhe partiram as mãos.

Segundo declarações da vítima o ataque foi um aviso para deixar de desenhar, dias depois de ter publicado um cartoon onde comparava al-Assad a Muammar Kadhafi.