Última hora

Última hora

Trípoli enfrenta crise humanitária

Em leitura:

Trípoli enfrenta crise humanitária

Tamanho do texto Aa Aa

Trípoli está aparentemente mais calma. Os rebeldes controlam quase toda a capital e há apenas alguns focos de resistência. Mas a vitória só ficará completa com a captura de Muammar Kadhafi.

Para já, a prioridade é responder à crise humanitária que enfrenta a cidade de um milhão e meio de habitantes. Falta combustível, comida e medicamentos. Também não há abastecimento de água nem eletricidade em vários bairros. As lojas estão fechadas e as ruas desertas.

Algumas pessoas começam a atrever-se a sair de casa. Uma residente constata que as pessoas precisam de comida e de segurança e que querem preparar a festa do fim do Ramadão.

Esta sexta-feira os rebeldes abriram mais uma porta para a entrada de mantimentos no país ao conquistarem o controlo do principal posto fronteiriço com a Tunísia.

Ras Jdir era também um dos mais importantes pontos de passagem dos refugiados. O próximo passo é conquistar Sirte, a terra natal de Kadhafi.