Última hora

Última hora

Dispositivo de segurança reforçado para o carnaval de Notting Hill

Em leitura:

Dispositivo de segurança reforçado para o carnaval de Notting Hill

Tamanho do texto Aa Aa

Os londrinos voltaram a sair às ruas, mas desta vez para participarem no cortejo de um dos maiores carnavais da Europa, o de Notting Hill.

Este ano a tradicional celebração acontece apenas três semanas após as violentas manifestações que assombraram as principais cidades de Inglaterra, razão pela qual o dispositivo de segurança é o mais importante de sempre.

“Notting Hill não vai desaparecer, é algo cultural. Todas as pessoas vêm para a rua para se divertir. Não acho que vá estragar a festa, honestamente. Não vi nada de mal, por isso está a ser um espetáculo,” afirma um participante do cortejo londrino.

Para este domingo foram destacados 5500 agentes de polícia para patrulhar a parada. Para esta segunda-feira, o principal dia de festa, estão previstos 6500 agentes. 4000 agentes vão estar a postos caso a festa se transforme em violência.

Mas o reforço do dispositivo de segurança não parece afetar o espírito do carnaval de Notting Hill.

“A segurança é boa porque há muito mais polícia do que o normal. É melhor para a comunidade”, refere um vendedor de comida.

Inspirado no carnaval de Trinidad, a primeira edição de Notting Hill ocorreu em 1964 e desde então tornou-se numa das maiores manifestações do género com cerca de um milhão de visitantes.