Última hora

Última hora

Líbia: Rebeldes vão atacar Sirte se a cidade não se render

Em leitura:

Líbia: Rebeldes vão atacar Sirte se a cidade não se render

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de Trípoli, o último grande bastião de Muammar Kadhafi está cercado pelas forças rebeldes. Trata-se de Sirte, a terra natal do coronel que continua desaparecido.

Durante a tarde decorriam negociações com os líderes tribais para que a cidade se rendesse.

O porta-voz militar dos rebeldes, Ahmed Omar Bani, garantiu que quer dar a oportunidade aos habitantes para se renderem. Mas o Conselho Nacional de Transição já fez saber que se não houver acordo rapidamente, o assunto será resolvido pelas armas.

A oeste, os rebeldes estão a apenas 30 quilómetros de Sirte e a leste abriram, este domingo, mais uma porta para chegarem à cidade. Conquistaram Ben Jawad, a apenas uma centena de quilómetros.

Durante a tarde, houve violentos confrontos numa localidade próxima da fronteira tunisina. Os rebeldes também se preparavam para ir para o deserto do sul com a intenção de barrar o caminho aos combatentes de Kadhafi em fuga para a Argélia.