Última hora

Última hora

Autor do atentado de Lockerbie vai permanecer na Líbia

Em leitura:

Autor do atentado de Lockerbie vai permanecer na Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

As novas autoridades líbias não aceitarão um pedido de extradição do homem que foi condenado pelo atentado de Lockerbie e remetido a Tripoli em Agosto de 2009.

Após vários dias de especulação sobre o paradeiro de Abdelbassit al-Magrahi, o auto-denominado ministro da Justiça do Conselho Nacional de Transição, clarificou que “não será entregue nenhum cidadão líbio ao Ocidente, tanto mais que al-Magrahi já foi julgado e não se pode julgar a mesma pessoa duas vezes pelo mesmo crime”.

Para além da justiça, outra questão preocupante na Líbia é a proliferação de armas nas mãos dos civis. O designado ministro da Defesa nesta fase de transição anunciou aos microfones da euronews que serão lançados apelos através dos conselhos locais, sobretudo em Tripoli, a todos os cidadãos e particularmente aos jovens para que entreguem as armas. “Vamos recorrer a várias alternativas, incluindo a compra dessas armas”, concluiu.

As autoridades militares americanas calculam em mais de 20 milhões o número de armas espalhadas por todo o país, muitas delas nas mãos de civis.

Vários depósitos de armamento têm sido simplesmente pilhados, com riscos enormes para a segurança, neste contexto de conflito e instabilidade política.