Última hora

Última hora

Revolução síria: deserções são cada vez mais frequentes

Em leitura:

Revolução síria: deserções são cada vez mais frequentes

Tamanho do texto Aa Aa

A queda de Muammar Kadhafi está a dar um novo ímpeto à revolução síria.

Segundo fontes locais, vários militares do terão desertado e há registo de confrontos entre os homens que abandonaram as fileiras de Bashar Al-Assad e as forças sírias. Foi o que aconteceu Rastan, perto de Homs, no centro do país.

Na tentativa de conter a deserção, dezenas de blindados, apoiados pelo exército atacaram a cidade, que nos últimos dias tem sido palco de vários protestos contra Bashar Al-Assad.

Fontes locais garantem há registo de deserções em vários pontos do país, e a capital, Damasco, não é exceção.

O número de vítimas da repressão aumenta de dia para dia.

A União Europeia prepara-se para decretar um embargo ao petróleo sírio. Uma medida que visa pressionar Bashar al-Assad.

O país exporta cerca de 150 mil barris de petróleo diários para a Europa.