Última hora

Última hora

O ultimato da rebelião líbia

Em leitura:

O ultimato da rebelião líbia

Tamanho do texto Aa Aa

As tropas de Muammar Kadhafi têm até sábado para se render. O aviso é deixado pela rebelião que ameaça tomar Sirte e outras regiões à força, se as armas não forem depostas.

As negociações em curso com os líderes tribais continuam sem surtir efeito. Ao mesmo tempo, os opositores ao regime avançam em direção à cidade natal do coronel, no leste da Líbia. Enquanto, os aviões da NATO intensificam os bombardeamentos na região para neutralizar o equipamento militar de Kadhafi.

O paradeiro do coronel continua a ser uma incógnita. Um guarda-costas do homem que governou o país durante mais de quatro décadas, garante que Kadhafi esteve refugiado em Trípoli até sexta-feira, e que depois fugiu em direção a sul.

Uma parte da família do ex-líder líbio foi acolhida na Argélia. Uma decisão que o país justifica com razões humanitárias.

Segundo fontes governamentais, Aisha, a filha do antigo líder líbio, deu hoje à luz uma criança.

A rebelião admite que a família de Kadhafi possa deixar a Argélia em direção a outro país.