Última hora

Última hora

Assassino de soldados americanos começou a ser julgado na Alemanha

Em leitura:

Assassino de soldados americanos começou a ser julgado na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Começou, em Frankfurt, na Alemanha, o julgamento do jovem kosovar acusado da morte de dois soldados americanos em terrotório alemão.

Arid Uka, de 21 anos, confessou ter matado dois homens a tiro e ter disparado sobre três outros e pediu desculpa.

O jovem diz que foi influenciado pela propaganda islâmica na internet contra as guerras do Iraque e do Afeganistão e garante que percebeu que foi um ato tresloucado que vai contra a sua fé.

No dia 2 de março de 2011, Arid Uka, que trabalhava desde o início do ano no centro de triagem do correio do aeroporto de Frankfurt, disparou sobre dois soldados americanos que partiam para o Afeganistão, em pleno dia e perante numerosas testemunhas.

O julgamento vai durar dez dias e a sentença está prevista para o princípio de 2012.