Última hora

Última hora

Itália: austeridade paga-se com a independência

Em leitura:

Itália: austeridade paga-se com a independência

Tamanho do texto Aa Aa

O governo italiano quer cortar nas despesas e o município de Filettino quer a independência.

A fusão e extinção de províncias, anunciadas pelo executivo liderado por Silvio Berlusconi, foram mal recebidas pelos habitantes desta pacata povoação, situada a cerca de 2000 metros de altitude.

“Somos os pulmões de Roma com 7.500 hectares de floresta e fornecemos 4 mil litros de água por segundo a custo zero. Estamos a morrer de fome e ninguém faz nada. Por isso, decidimos avançar com principado” afirma o vice-presidente da Câmara de Filettino, Fabrizio Giacomini.

Uma pretensão apoiada pelos cerca de 550 habitantes e pelo presidente da Câmara.

Recursos naturais não faltam e até já foi criada uma nova moeda o chamado “Fiorito.”

Se a reivindicação não for aceite, o autarca Luca Sellari admite “cortar o abastecimento de água a Roma.”

Filettino atraí todos os cerca de 20.000 turistas. O hastear de uma nova bandeira promete fazer disparar o número de visitantes.