Última hora

Última hora

"Negócio da China" causa polémica na Islândia

Em leitura:

"Negócio da China" causa polémica na Islândia

Tamanho do texto Aa Aa

A intenção de um empresário chinês de comprar uma vasta área de terreno na Islândia, para uma empreendimento turístico, está a levantar polémica no país.

Huang Nubo, da imobiliária Zhongkun Investement, já conseguiu um acordo de princípio com as autoridades islandesas, mas terá que esperar ainda por uma derrogação da lei que proíbe a venda de terras aos estrangeiros, a votar no parlamento.

Entretanto, a chefe do governo, Johanna Sigurdardottir, tenta tranquilizar os que consideram estranho este interesse chinês: “temos que trabalhar com investidores estrangeiros para estimular a nossa economia e as dúvidas sobre as intenções do senhor Huang não fazem sentido”, afirmou.

O promotor chinês que tem empreendimentos no mundo inteiro fala de um complexo turístico para seniores, mas há quem veja neste negócio a intenção da China de conseguir uma posição estratégica entre a Europa e o Ártico para o acesso mais fácil aos recursos minerais da região.