Última hora

Última hora

Síria: Bashar al-Assad não abandona a repressão

Em leitura:

Síria: Bashar al-Assad não abandona a repressão

Tamanho do texto Aa Aa

Na Síria, militares apoiados por tanques revistaram casas na cidade de Hama em busca de ativistas envolvidos em protestos contra o presidente Bashar al-Assad.

A repressão do regime de al-Assad continua a fazer vítimas entre os contestatários. Estas, são imagens de uma manifestação na aldeia de Al-Harra na província de Daraa.

Também na província de Homs tiros disparados contra manifestantes terão feito quatro mortos, incluindo uma criança de 13 anos.

Segundo um relatório divulgado terça-feira pela Amnistia Internacional pelo menos 88 pessoas morreram na Síria após terem sido detidas pelas forças de segurança nos cinco meses de protestos contra o regime do presidente Bashar al-Assad.

.

Entre as vítimas encontram-se 10 crianças detidas por suspeitas de envolvimento nas manifestações iniciadas em março.

A mesma organização anunciou ter já compilado os nomes de mais de 1.800 pessoas que morreram desde o início dos protestos na Síria e refere a existência de milhares de pessoas detidas e muitas desaparecidas.