Última hora

Última hora

EUA travam venda da T-Mobile à AT&T

Em leitura:

EUA travam venda da T-Mobile à AT&T

Tamanho do texto Aa Aa

A Administração norte-americana iniciou um processo legal para bloquear a venda da T-Mobile à gigante AT&T, um negócio de 39 mil milhões de dólares (27 mil milhões de euros).

Se perder a ação, a segunda maior empresa norte-americana do setor, terá de pagar 6 mil milhões de dólares e outros ativos como parte do negócio original à Deutsche Telekom, proprietária da T-Mobile.

O procurador-geral adjunto explicou que o negócio seria negativo para os consumidores. “Se a fusão se concretizasse haveria apenas três fornecedores que deteriam 90% do mercado e a competição entre os restantes concorrentes seria afetada em todas as dimensões, incluindo preço, qualidade e inovação”, realçou James Cole.

A Verizon lidera as telecomunicações móveis nos Estados Unidos. Caso as empresas AT&T e T-Mobile se unissem, a nova companhia teria o dobro do tamanho da Sprint Nextel, a terceira maior do país.

Tal como as da AT&T, as ações da Deutsche Telekom caíram. A empresa europeia queria alienar a unidade norte-americana para apoiar a política de dividendos e ajudar a reduzir a dívida.