Última hora

Última hora

Futebol: Mercado de verão regista transferências de valor recorde

Em leitura:

Futebol: Mercado de verão regista transferências de valor recorde

Tamanho do texto Aa Aa

Num tempo de crise, os cofres de alguns clubes aparentam uma saúde que faz inveja ao mercado bolsista.

A 27 de julho de 2011, o Manchester City foi buscar ao Atlético de Madrid o futebolista, internacional argentino, Sergio Aguero. O City passou um cheque de 43 milhões de euros, naquela que foi a maior transferência do mercado futebolístico de verão.

O Paris Saint-Germain deu 42 milhões de euros ao Palermo pela transferência do argentino Javier Pastore para o clube da capital francesa.

O campeão português, Futebol Clube do Porto, recebeu 40 milhões pela venda do colombiano Radamel Falcao ao Atletico de Madrid.

A transferência do futebolista espanhol Cesc Fabregas, do Arsenal para o Barcelona, custou ao clube de Pep Guardiola 34 milhões de euros.

O Benfica também está entre os clubes de futebol que faturaram bem com a transferência de alguns jogadores. A venda de Fábio Coentrão ao Real Madrid rendeu aos cofres da Luz 30 milhões de euros.

Os clubes da primeira liga inglesa investiram em 2011 um recorde de 805,762 milhões de euros em contratações, num mercado dominado por Manchester City, Manchester United, Chelsea, Arsenal e Liverpool.

No último dia do mercado, o Chelsea contratou o internacional português Raul Meireles ao Liverpool, por 14 milhões.