Última hora

Última hora

Ameaças de Khadafi antecedem luta pelo petróleo líbio

Em leitura:

Ameaças de Khadafi antecedem luta pelo petróleo líbio

Tamanho do texto Aa Aa

No momento da queda, chega ironicamente o aniversário da tomada do poder de Khadafi. Foi há precisamente 42 anos que o coronel protagonizou o golpe militar na Líbia.

Como que para assinalar a data, foi divulgada mais uma mensagem via televisão, na qual o alegado ditador garante que não irá permitir que “outros” se aproveitem do petróleo líbio, nem das infraestruturas respetivas.

Em França, onde o futuro da Líbia esteve em debate, o jornal Libération publicou que o Conselho Nacional de Transição terá prometido 35% da produção de petróleo a Paris, em troca do apoio à revolução.

Até à queda do regime, era a italiana ENI que liderava a exploração, num país que detém as maiores reservas petrolíferas de África.