Última hora

Última hora

França: Chirac não assistirá ao seu julgamento por razões de saúde‎

Em leitura:

França: Chirac não assistirá ao seu julgamento por razões de saúde‎

Tamanho do texto Aa Aa

A fragilidade de Jacques Chirac pode determinar o rumo do processo judicial que o antigo presidente francês enfrenta.
 
As audiências no Tribunal de Instrução Criminal de Paris começam esta segunda-feira e tudo indica que Chirac não vai comparecer. O processo já tinha sido adiado em Março, por razões de constitucionalidade.
 
Chirac é o primeiro ex-chefe de Estado francês a ser julgado, tendo tido imunidade durante os 12 anos de mandato.
 
Os seus médicos garantem que o seu estado de saúde não lhe permite assistir às audiências, uma vez que padecerá de uma condição neurológica relacionada com a doença de Alzheimer que estará a comprometer a sua memória.
 
O neurologista Laurent Cohen explica que este tipo de doentes, normalmente, não tem consciência do seu estado, o que torna mais complicado o diagnóstico.
 
Chirac é acusado de desvio de fundos públicos e abuso de confiança, num caso conhecido como o dos “empregos fictícios”, quando era presidente da Câmara de Paris.
 
O tribunal pode decidir julgá-lo sem a sua presença ou ordenar um parecer médico independente ou ainda encerrar o processo.