Última hora

Última hora

Irão rejeita cessar-fogo curdo

Em leitura:

Irão rejeita cessar-fogo curdo

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão rejeitou o cessar-fogo decretado pelos guerrilheiros curdos do PJAK, o Partido da Vida Livre do Curdistão. Este partido é a versão iraniana do PKK (Partido dos Trabalhadores Curdos), principal organização separatista no Curdistão turco.

O Irão diz que, só nos últimos dias, matou em combate 30 guerrilheiros do PJAK e feriu mais de 40. As armas apreendidas e os documentos dos guerrilheiros foram exibidos na televisão pública.

São várias as organizações a lutar pela independência do Curdistão, um território dividido pela Turquia, pelo Iraque, pelo Irão e pela Síria.

A ofensiva iraniana seguiu-se à trégua do Ramadão. O PJAK disse, num comunicado, que iria sair do território iraniano, mas Teerão não descarta novos ataques.

No domingo, a força aérea da Turquia bombardeou posições do PKK no norte do Iraque.