Última hora

Última hora

Turquia suspende negócios militares com Israel

Em leitura:

Turquia suspende negócios militares com Israel

Tamanho do texto Aa Aa

 

O governo turco liderado por Tayyip Erdogan decidiu suspender todos os negócios de armamento com Israel.
 
É mais um episódio na crescente tensão diplomática entre os dois estados.
  
Antes de conhecida esta tomada de posição de Ankara, Ehud Barak tinha pedido aos dois estados que agissem de acordo com os seus interesses nacionais:
 
“Israel e a Turquia são duas potências e das nações mais importantes da região e mesmo quando temos divergências  -   e nós temos divergências fortes  –  devemos agir de acordo com as nossas cabeças, e não a partir de interesses estranhos aos dois lados. Por mim, recomendo-o muito fortemente a nós e aos nossos vizinhos turcos”.
  
Na sexta-feira, o embaixador israeilita na Ankara foi expulso, depois de conhecidos pormenores do relatório da ONU, sobre a morte de nove militantes turcos que, em Maio de 2010, seguiam a bordo de um navio humanitário, a caminho da Faixa de Gaza.
 
O barco foi assaltado pelo exército de Israel.
 
Erdogan está a considerar a possibilidade de ele próprio se deslocar a Gaza, na sequência da visita que tem agendada para o Egipto.