Última hora

Última hora

Espanha e Itália apertam o cinto face à crise

Em leitura:

Espanha e Itália apertam o cinto face à crise

Tamanho do texto Aa Aa

233 votos a favor, três contra e nenhuma abstenção. O Senado espanhol aprovou, esta quarta-feira, a imposição de um limite constitucional ao défice. A reforma será inscrita na Constituição dentro de quinze dias a não ser que seja solicitado um referendo.

O voto não foi uma surpresa. Num acordo inédito, o PSOE e o PP falaram a uma só voz e defenderam a “responsabilidade política” face à instabilidade dos mercados. Mas os partidos minoritários contestam a reforma.

Para grandes males grandes remédios. A Itália também quer mostrar que a situação económica está sob controlo. O Senado aprovou o pacote de austeridade de mais de 52 mil milhões de euros. O objetivo é sanear as contas públicas e alcançar o equilíbrio orçamental em 2013. Nos próximos dias, o texto deve passar pelo crivo da Câmara dos Deputados.

Enquanto o Senado dava a luz verde ao plano do Governo, nas ruas de Roma os manifestantes davam um cartão vermelho à austeridade. Entre as medidas prevê-se um aumento de 20 para 21 por cento do IVA.