Última hora

Última hora

Misrata trata dos seus incontáveis feridos

Em leitura:

Misrata trata dos seus incontáveis feridos

Tamanho do texto Aa Aa

Os líbios tentam recuperar de uma revolução sangrenta que se aproxima do fim. Em Misrata uma das cidades sacrificadas pela guerra as marcas estão por toda a parte.

Os confrontos das útlimas cinco semanas deixaram um rasto de destruição material e humano.

Neste hospital os serviços estão saturdos. Este médico precisa que o número de ferido situa-se entre os oito e os dez mil, os mortos devem rondar um milhão. “Estamos a usar esta policlinica como hospital e como unidade de emergência para receber os pacientes” disse.

Aqui vão chegando ainda feridos de frentes de batalha esporádicas como Karrarim, Dafnyyia e Abdoul Raouf como explica uma das enfermeiras voluntárias que aqui presta serviço.

“Estamos a receber feridos de três frentes, eles vem desde o tempo da guerra, temos mesmo acolhido pessoas de Tripoli e Tawerghaa e das áreas do sul”.

Em Misrata o repórter da euronews dá conta da calamidade humana e do sofrimento deixado pela guerra. Os efeitos pesam ainda sobre os civis. Os médicos lutam contra o tempo para acudir a tantos doentes”.