Última hora

Última hora

Protestos contra a austeridade em Espanha e Itália

Em leitura:

Protestos contra a austeridade em Espanha e Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de espanhóis manifestaram-se no centro de Madrid contra as medidas de austeridade e a revisão constitucional pretendida pelo governo de Zapatero para impor um limite ao défice das contas públicas.

Apelidado de “regra de ouro”, o texto deve ser votado hoje no Parlamento. Os manifestantes exigem um referendo sobre a matéria.

O protesto de Madrid teve eco em Barcelona e decorreu no mesmo dia em que a Itália assistiu a uma greve geral contra o plano de austeridade do governo de Berlusconi, em debate no Senado.

A paralisação, convocada pela principal confederação sindical italiana, foi reforçada pelas manifestações que reuniram milhares de pessoas em Roma e noutras cem cidades do país.

A bolsa de Milão foi alvo da ira de um grupo de manifestantes, obrigando à intervenção da polícia.

Entre os principais pontos de contestação, está a emenda introduzida no quadro do plano de austeridade que facilita os despedimentos. A principal central sindical italiana ameaça recorrer ao Tribunal Constitucional.