Última hora

Em leitura:

Novo primeiro-ministro japonês visita Fukushima


Japão

Novo primeiro-ministro japonês visita Fukushima

No poder há menos de uma semana, o primeiro-ministro japonês visitou a central nuclear de Fukushima.

Yoshihiko Noda prestou homenagem a todos os que trabalham para tentar controlar as fugas de radioatividade, que continuam desde o dia 11 de março quando toda a região foi atingida por um devastador tsunami.

Nas instalações da central, o chefe de governo agradeceu “a todos pelo sacrifício e pela devoção que têm demonstrado através de um trabalho árduo e em condições extremamente difíceis para pôr um termo ao acidente nuclear.”

O maremoto, ou melhor as suas consequências, custaram o cargo ao ex-primeiro-ministro Naoto Kan, e o novo chefe de governo não pretende seguir o mesmo caminho.

Devido às fugas radioativas, foram deslocadas perto de 80 mil pessoas num raio de 20 quilómetros em torno da central, situada a 220 quilómetros a nordeste de Tóquio.

A situação ainda não está completamente controlada, a TEPCO, empresa que gere a central, já conseguiu reduzir a temperatura de dois reatores. O terceiro deverá estar sob controlo em janeiro.

Artigo seguinte

mundo

Detidos em Berlim dois suspeitos de terrorismo