Última hora

Última hora

Celebrações no Afeganistão: dez anos após a morte do herói nacional Ahmad Shah Massoud

Em leitura:

Celebrações no Afeganistão: dez anos após a morte do herói nacional Ahmad Shah Massoud

Tamanho do texto Aa Aa

Dez anos depois, o culto em torno de Ahmad Shah Massoud, conhecido como o leão de Panjshir, permanece vivo para os antigos seguidores da Aliança do Norte,da qual foi líder militar.

Em várias casas é vísível a adoração ao lendário guerreiro.

As celebrações acontecem hoje na região de Cabul e Panjshir, altura em que se celebram os dez anos após a sua morte.

Massoud lutou contra o regime talibã, representando as minorias étnicas do Afeganistão, até ao seu assassinato, 2 dias antes do fatídico 11 de setembro.

Os seus apoiantes alegam que o Afeganistão seria hoje um país melhor se tivesse sobrevivido.

Mas continuam inquietos quanto a uma possível reconciliação com o regime talibã.