Última hora

Última hora

G7 procura resposta convincente para a crise

Em leitura:

G7 procura resposta convincente para a crise

Tamanho do texto Aa Aa

As grandes potências procuram no sul de França uma resposta convincente para a crise. Em Marselha, decorre o fórum dos países mais industrializados do mundo: Estados Unidos, Japão, Canadá, Alemanha, França, Itália e Reino Unido.

Depois de um verão agitado, com o corte na notação financeira dos Estados Unidos e a crise da dívida da zona euro, os apelos aos Governos têm-se multiplicado.

“Para as economias avançadas não há dúvidas de que a sustentabilidade fiscal deve ser restaurada. Os decisores, particularmente na esfera monetária, devem estar prontos, conforme necessário, para desenvolverem mais ações de apoio à recuperação, incluindo através de medidas não convencionais”, afirmou a diretora-geral do FMI, Christine Lagarde.

Depois de terem anunciado um plano para o emprego, os Estados Unidos esperam que a Europa participe também no relançamento do crescimento, mas os europeus estimam não ter grande margem de manobra orçamental.

O Comissário europeu Olli Rehn defendeu medidas coordenadas, mas lembrou que os europeus devem reduzir os défices.