Última hora

Última hora

Milhares de pessoas prestam última homenagem aos jogadores do Lokomotiv Iaroslavl

Em leitura:

Milhares de pessoas prestam última homenagem aos jogadores do Lokomotiv Iaroslavl

Tamanho do texto Aa Aa

O pavilhão do Lokomotiv Iaroslavl, o Arena-2000, não foi suficientemente grande para receber todos aqueles que quiseram prestar uma última homenagem aos jogadores da equipa local de hóquei no gelo, que morreram no acidente de aviação de quarta-feira.

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, deslocou-se a Iaroslavl para homenagear as vítimas. 43 das 45 pessoas que se encontravam a bordo do Iakovlev-42 morreram no acidente.

Jogadores e esquipa técnica do Lokomotiv Iaroslavl encontravam-se no avião para disputarem um encontro do campeonato de hóquei no gelo contra a equipa bielorrussa do Dinamo Minsk.

Na cerimónia da capital da Bielorrússia, o chefe de Estado Alexander Lukaschenko afirmou que “a equipa do Iaroslavl está connosco hoje. Infelizmente apenas através de imagens. O mais terrível para nós é que eles vinham a caminho desta maravilhosa arena. Estavam a voar para aqui como amigos, como irmãos.

As causas do acidente ainda não foram dadas a conhecer pelas autoridades. Os corpos dos três jogadores checos do Lokomotiv Iaroslavl foram repatriados para Praga durante a noite de sexta para sábado.

O jogador Alexandre Galimov e o membro da tripulação Alexandre Sizov, os dois sobreviventes do acidente, encontram-se internados em Moscovo em estado considerado grave.