Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

O vazio deixado no espaço antes ocupado pelas torres que simbolizavam a grandiosidade americana, é agora ocupado pela memória, pela lembrança das vítimas e dos heróis da chamada infâmia terrorista.

Muitos desses heróis eram bombeiros nova-iorquinos, homenageados num desfile que percorreu a Quinta Avenida e culminou na Catedral de St. Patrick.

O presidente da Câmara, Michael Bloomberg, realçou que Nova Iorque “teve a sorte de contar com um grupo de homens e mulheres que conseguiram dominar o instinto do medo para ajudar os outros. Isso foi evidente, de uma forma trágica, no 11 de Setembro”.

Um a um, foram enunciados os nomes dos 343 bombeiros que morreram nas Torres Gémeas. Muitos dos soldados da paz tinham ido voluntariamente até ao local dos atentados.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre